domingo, 24 de junho de 2012

Haja dignidade!

Estive a analisar, ao de leve, o documento «Estatísticas da Educação e Ciência - Caracterização dos desempregados registados com habilitação superior - Dezembro de 2011».
Elaborado pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P.; Direção Geral de Estatísticas de Educação e Ciência do Ministério da Educação e Ciência, o documento revela um elevado número de desempregados, nomeadamente na área social. É de "deitar as mãos à cabeça".
 
Alertei, há cerca de 3/4 anos, para o elevado número de vagas que vão sendo disponibilizadas pelas universidades e escolas superiores, para entrada em cursos de licenciatura. No caso da educação social, recordo o ano em que uma determinada escola abriu mais de 120 vagas. Terminada a licenciatura, não se vislumbram-se empregos. Quem financeiramente pode, continua na escola e arrasta-se em mestrados. Quem não pode, arrasta-se à procura de pão para a boca, numa qualquer área.
Haja dignidade!